Sobre

O Projeto Autsy é voltado para crianças que estão no Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias. O TEA engloba três características fundamentais, que podem manifestar-se em conjunto ou isoladamente. São elas: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo. Recebe o nome de espectro (spectrum), porque envolve situações e apresentações muito diferentes umas das outras, numa gradação que vai da mais leves à mais grave. Todas, porém, em menor ou maior grau estão relacionadas, com as dificuldades de comunicação e relacionamento social.

Estima-se que globalmente 1 a cada 58 crianças estejam nesse espectro, um número expressivo e que vem crescendo a cada ano. A causa do autismo ainda é desconhecida e o seu diagnóstico pode ser feito a partir dos 18 meses, normalmente entre 2 e 3 anos. Em cerca de 10% dos casos nos EUA, crianças que são diagnosticadas em seus primeiros anos de vida — e por isso recebem acompanhamento desde cedo — acabam saindo do espectro autista.” explica Charles Nelson, professor de Pediatria e Neurociência na Universidade Harvard e responsável por um laboratório do Hospital Infantil de Boston. Por isso acreditamos que é fundamental que toda criança com TEA receba todo o acompanhamento necessário desde o mais cedo possível e até quando necessário.

É por esse motivo que criamos o Projeto Autsy!

Você sabia que famílias de crianças com TEA precisam investir entre 3 e 9 mil reais mensais em psicoterapia, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, psicopedagogia, professores assistentes e em diversas outras terapias?

Nossa Missão

Apoiar financeiramente as crianças com TEA para que tenham acesso aos melhores profissionais e acompanhamentos necessários para o seu desenvolvimento, o quanto antes possível e até quando necessário.

Nossos Valores

  • Transformação como estilo de vida;
  • Tudo é possível ao que crê;
  • A saúde emocional de toda a família é prioridade;
  • Dinheiro não é o problema, é a solução.

Nossos Pilares

Esportes

A prática esportiva atua como um estímulo importante no tratamento das crianças com TEA. Isso porque elas dão suporte e desenvolvem as potencialidades motoras, físicas e até emocionais, ajudando-os a vencer as próprias dificuldades, contribuindo inclusive para a melhora da autoconfiança, interação com outras pessoas e até mesmo a comunicação. Algumas opções seriam, natacao, basquete, futebol, circuitos de corrida, as artes marciais e etc.

Animais

A terapia com cães tem sido uma alternativa terapêutica crescente, assim como a com cavalos. As interações entre cães e crianças com TEA geram um sentimento de confiança entre ambos, que melhora as habilidades relacionadas à interação social. Além disso, o contato físico ajuda a trabalhar outros aspectos relacionados à ansiedade, autoestima e independência, e mesmo diminuir comportamentos negativos, como agressividade, alienação e hiperatividade.

Terapias

O tratamento do autismo conta com uma grande variedade de terapias em grande parte dado às diversas características apresentadas e ao fato de que cada criança com TEA é única o que torna o tratamento diferente para cada uma. Mas certamente tem algo que todos os especialistas concordam: o acompanhamento especializado desde os primeiros anos de vida traz resultados significativos.

Participe

Desenvolvido com ❤️ por: Vedrak